Coronavírus

Rússia anuncia que fará vacinação em massa a partir de outubro

Todas as etapas dos testes da vacina foram concluídas e o ministério da Saúde russo já iniciou os trâmites para o registro da vacina nos órgãos reguladores

Sputnik / Serviço de Imprensa do Ministério da Defesa da Rússia
A expectativa do governo russo é que a vacina esteja registrada até meados de agosto

São Paulo – O ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, anunciou hoje (1) que foram concluídas todas as fases de testes de vacina contra a infecção pelo novo coronavírus desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei. E que o país está se preparando para dar início à vacinação em massa a partir de outubro. Profissionais de saúde e professores deverão ser os primeiros a serem vacinados.

À agência Sputnik, o ministro declarou que o Instituto Gamalei, que desenvolveu o imunizante, está cuidando dos trâmites para o registro no serviço de regulação. E que no momento estão sendo reunidos os documentos necessários para o registro oficial.

A expectativa é que o registo da vacina seja concedido entre os dias 10 e 12 de agosto, e a licença para sua distribuição civil deve ser obtida em 15 ou 16 de agosto.

No último dia 29, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que a situação do coronavírus na Rússia havia se estabilizado, depois de reduzir o número de casos pela metade. Porém, algumas regiões ainda enfrentem uma situação mais complicada.